:

Enquete: Like Our New Look?

Do you like our new Vivvo look & feel?
Home | Notícias | Islã nasceu deformado, por isso, não pode ser pacificado, afirma ex-muçulmano convertido ao Evangelho

Islã nasceu deformado, por isso, não pode ser pacificado, afirma ex-muçulmano convertido ao Evangelho

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image

O islamismo não é uma religião de paz e não há espaço para o surgimento de um movimento pacificador em suas entranhas, pois a essência é violenta. Essas são afirmações de um ex-muçulmano convertido ao Evangelho. O irmão Rachid é apresentador de um programa de TV árabe chamado Daring Questions, e nasceu no Marrocos em uma tradicional família muçulmana, com diversos familiares ocupando posições clericais nas mesquitas do país. Portanto, é um profundo conhecedor do Corão e das tradições islâmicas. Em entrevista para a emissora Christian Broadcasting Network (CBN), irmão Rachid – que não divulga seu verdadeiro nome por questões

 

 

 

 

 

 

O islamismo não é uma religião de paz e não há espaço para o surgimento de um movimento pacificador em suas entranhas, pois a essência é violenta. Essas são afirmações de um ex-muçulmano convertido ao Evangelho.

O irmão Rachid é apresentador de um programa de TV árabe chamado Daring Questions, e nasceu no Marrocos em uma tradicional família muçulmana, com diversos familiares ocupando posições clericais nas mesquitas do país. Portanto, é um profundo conhecedor do Corão e das tradições islâmicas.

Em entrevista para a emissora Christian Broadcasting Network (CBN), irmão Rachid – que não divulga seu verdadeiro nome por questões de segurança – afirmou que o islamismo tem origem em uma “cruzada” de Maomé por conquista de território, e uma das principais promessas da religião, o paraíso, pode ser conquistada através do derramamento de sangue.

“Se você levar o Islã de volta às raízes, à vida de Maomé e ao Corão, então estamos com grandes problemas porque Maomé fez 83 invasões violentas em quase oito anos e ele realizou muitas guerras. Ele não era um homem pacífico. A primeira comunidade muçulmana viveu desses ataques, então, se voltarmos para as raízes do Islã, estamos com grandes problemas”, afirmou.

Explicando o conceito de violência na religião, ele destacou que essa abordagem é uma ferramenta de coerção e convencimento: “Esse é realmente um verso no Corão, que está no capítulo 9:111. Ele diz o seguinte: ‘De fato, Alá comprou os crentes, suas vidas e suas propriedades, e assim eles terão o Paraíso [em troca]. Eles lutam pela causa de Alá, então por isso eles matam e são mortos’. Então, se você morrer como ‘mártir’ no Islã, está morrendo por causa de Alá, e ele lhe dará o ‘paraíso na eternidade'”, resumiu.

O Islã não pode ser reformado porque nasceu deformado!
-Irmão Rachid

Sobre o Ramadã, tido como o mês sagrado da religião, em que todo muçulmano é obrigado a jejuar e punições como tortura são impostas aos que desobedecem, irmão Rachid frisa que o período, na verdade, é uma renovação de compromisso: “O Ramadã não é sagrado da maneira como se compreende este termo no Ocidente. É ‘sagrado’ porque é para Alá e para a causa de Alá”.

+ Ex-muçulmanos convertidos ao Evangelho dizem que o islamismo é violento em essência

Rachid frisou que que Maomé lutou várias batalhas durante o Ramadã, incluindo a ‘Batalha de Badr’, Al-Fatiha e Guadalete, fazendo um acordo com seus seguidores de que, se eles matarem [outras pessoas ou cometerem suicídio em nome da religião], terão o paraíso.

“Maomé disse que foi ordenado a lutar contra as pessoas até elas confessarem o seu credo”, escreveu Rachid nas redes sociais logo após um dos recentes atentados terroristas em Londres.

Em um recado aos muçulmanos, sugeriu que conheçam Jesus: “Eu digo em todos os lugares por onde passo, que fomos vítimas desta ideologia do Islã e precisamos sair dela. Ela está nos destruindo e está destruindo outras pessoas […] Precisamos olhar para a vida de Jesus, porque isso me transformou e tem transformado muitos muçulmanos por aí”, concluiu.

Fonte: Gospel+

 

Adicionar para: Add to your del.icio.us del.icio.us | Digg this story Digg

Comentários (0 postado):

total: | mostrando:

Poste seu comentário comment

Entre o código que você vê na imagem:

  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
Tags
Nenhuma tag para este artigo
Vote neste artigo
0
Copyright ©2012 - http://chamadafinal.net/portal/ - Todos os Direitos Reservados
Powered by
MEGAWEB