:

Enquete: Like Our New Look?

Do you like our new Vivvo look & feel?
Home | Lendo a Bíblia com Cia. Mover | LENDO CAPÍTULOS 15 AO 21 DO EVANGELHO DE MATEUS.

LENDO CAPÍTULOS 15 AO 21 DO EVANGELHO DE MATEUS.

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image

"A leitura da Bíblia nos dá o Saber, Conhecer e Entender mais de Deus... prossigamos e perseveremos em nossa leitura"

 

 

Tenho amado desfrutar da leitura da Bíblia e compartilhar com outras pessoas o que Deus tem falado comigo. O mais interessante é que o Papai não fala apenas através das palavras e relatos, mas fala pelo ato da leitura em si.

 

Nesses dias lendo o que foi proposto, lendo os evangelhos em si, algo fala muito em mim quanto ao dizermos que Deus não tem falado conosco, creio que é bem diferente disso, creio que nós temos evitado as palavras que Ele tem para nós. Sei que tem casos e casos, mas é bom nunca dizermos que Ele está em silêncio se nós não temos lido a Bíblia. Afinal, a forma mais clara que Deus fala conosco é com a PALAVRA, que é a Bíblia, ela não irá abrir-se sozinha e ler-se para nós, isso é impossível! Deve ser uma atitude nossa de abrir, ler e meditar no que Deus quer falar conosco.

 

Dito isto, deixo claro o primeiro ponto que quero destacar da leitura de Mateus: JESUS FALANDO, pois com a leitura é como se fosse a própria voz dEle dizendo cada uma das palavras que li. Isso ardeu muito em meu coração. Creio que conheci e criei um pouco mais de intimidade com Jesus através dessa leitura. É como se todos os ensinamentos que Ele deu para a multidão que o seguia e no particular aos seus discípulos, eu adquiri pela leitura clara da voz de Jesus em meu coração.

 

Quanto aos textos escritos, muitas histórias são conhecidas e pregadas de várias formas, citarei algumas que desta vez chamaram mais a minha atenção.

 

à O capítulo 15 é cheio dos ensinamentos magníficos de Deus, começando com a importância maior do que nossa boca fala diante dos preceitos e tradições sociais, ou seja, não olhemos para a tradição de “lavar as mãos antes de comer”, levemos em consideração o cuidar do que “sairá de nossas bocas”, pois isto machuca mais o ser humano do que comida contaminada. (VRS. 1 ao 20);

 

à Ainda no mesmo capítulo tem a magnífica história de humildade da mulher Cananéia, “até mesmo os cães comem das migalhas que caem da mesa de seus donos”! (VRS. 21 ao 28)

 

à O milagre da multiplicação pela segunda vez aonde grifei “tenho compaixão da multidão”, declarando o ensinamento a cada um de nós que o evangelismo ensinado pelo nosso maior mestre, JESUS, não se resume apenas ao alimento espiritual, mas devemos alimentar a multidão também com o natural. Muitos necessitam e o que temos feito? Egoísmo, amor ao dinheiro, esses não são ensinamentos de Jesus! (VRS. 29 ao 39)

 

à Capítulo 16 com os primeiros ensinamentos de que Ele iria morrer e ressuscitar, quando Jesus declara o sinal que seria deixado de que Ele realmente era filho de Deus, o sinal de Jonas que ficou três dias dentro da barriga de um grande peixe e depois foi cuspido, ou seja, três dias morto e então ressuscitou! (VRS. 1 ao 12)

 

à Pedro reconhece Jesus como o Filho de Deus. Depois Jesus fala aos discípulos de Seu chamado e, como o Mestre dos Mestres, Jesus fala que assim como Ele levaria a cruz dEle, nós, como seus seguidores, devemos fazer o mesmo. (VRS. 13 ao 28)

 

à A partir deste momento em Mateus tudo o que será falado por Jesus será para confronto e preparo aos discípulos de que logo Ele não estaria mais entre eles em carne, exemplo disso é no capítulo 17 quando um pai clama por seu filho lunático que já havia sido levado aos discípulos para ser curado (pois todos já começaram a reconhecer a autoridade dos discípulos, por estarem próximos de Jesus) e como eles não conseguem Jesus os confronta dizendo: “até quando eu estarei convosco?” E depois de curar prepara os discípulos com o ensinamento de como ter autoridade e fé para operar milagres: Pela Oração e Pelo Jejum! (VRS. 14-23)

 

à Respeito à lei de homens para não escandalizar! Ou seja, respeitemos o mundo aonde vivemos para um dia ganharmos eles até mesmo pelos nossos atos de justiça! (VRS. 24-27)

 

à Capítulo 18 magnífico com o ensinamento de quem é o maior no Reino dos Céus, os humildes. O incrível e delicioso de se aprender vem depois disto, como ser humilde? Não sendo motivo de escândalos, não provocando escândalos aos outros e nem a si próprio. Ou seja, se algo em você escandaliza ou provoca escândalo, dê um fim, arranque, faça o que for necessário, caso contrário, não será bem vindo no Reino dos Céus. Aos humildes, aos que não escandalizam e evitam escândalos de qualquer gênero, a estes é vindo o Reino dos Céus. (VRS. 1 ao 11)

 

à Ainda no mesmo contexto de humildade, Jesus ensina de forma sucinta a não julgar as atitudes de Deus, de um líder, de quem quer que seja pela preferência ao perdido e não pela ovelha “gorda” que está segura perto do Papai do Céu! (VRS. 12 ao 14) Continuando com a mesma ideia, Jesus desta vez ensina que devemos perdoar nosso irmão quantas vezes forem necessárias! Deixando claro, também, que a unidade é a preferência, que a amizade e andar em comunhão sem mágoas e contendas de forma que “quando dois concordarem na terra quanto alguma coisa que pedirem, isso será feito pelo Pai”. (VRS. 15 ao 22)

 

Pulando o capítulo 19, não que ele tenha menor importância, simplesmente pelo motivo de ser claro o que ali está escrito e não ser um ponto que falou demais comigo desta vez.

 

à O capítulo 20 é lindíssimo ao mostrar a GRAÇA totalmente oposta ao merecimento e, ainda, o poder e autoridade de Deus. Afinal, fala dos trabalhadores, cada um chegando num momento diferente para trabalhar, uns trabalhando mais horas que outros, porém, todos recebendo a mesma quantia no final. Como somos hipócritas por achar que por termos mais tempo de igreja merecemos mais de Deus que aqueles que acabaram de chegar. Mudemos nossa mente e lembremos que é a Graça do Papai através do sacrifício de Jesus que nos garante alguma coisa e não o merecimento, pois se fosse por merecimento não teríamos nem mesmo o Amor de Deus, não teríamos, também, o Espírito Santo nos consolando todos os dias e Jesus não teria morrido para nos salvar. (VRS. 1 ao 16)

 

à Capítulo 21 e último desta semana. Continuam sendo cumpridas as profecias e Jesus entra assentado sobre uma jumenta e sobre um jumentinho filho de animal de carga. Ao ler como foi essa entrada em Jerusalém pareceu que eu estava lá no meio das pessoas que colocavam seus vestidos pelo caminho e pegavam ramos de árvores para espalhar pelo caminho. Deve ter sido uma cena maravilhosa e impossível de encenar em nossos dias. Digno é o Senhor pela sua simplicidade, mansidão e maravilhosa graça neste momento, não é a toa que o povo clamava dizendo: Hosana ao Filho de Davi, bendito o que vem em nome do Senhor, Hosana nas alturas. Creio que a presença de Deus inundou sobremodo naquele ato de Jesus e todos foram impactados! (VRS. 1 ao 11)

 

Encerrarei agora deixando alguns outros textos espetaculares deste capítulo de lado, para enfatizar o ensino dos versículos 23 ao 46 acerca do entendimento de quem é Jesus! Primeiro Jesus é indagado sobre sua autoridade (“quem te deu autoridade?”), antes de responder Ele pergunta “O batismo de João, donde era? Do céu ou dos homens?” Mas, para responderem a pergunta de Jesus os homens usaram o RACIONAL, pensando em qual resposta seria melhor para eles diante da sociedade, não conseguindo ter um posicionamento para a pergunta de Jesus. Por esse motivo, Jesus não pode responder aos homens quem deu autoridade a Ele.

 

Neste pensamento tenho certo que Jesus queria ter obtido a resposta daqueles homens para respondê-los, mas aqueles homens eram racionais e não estavam focados em saber quem Jesus era, eles queriam ter uma resposta para condenar Jesus.

 

Depois disso Jesus mostra por parábola a verdade quanto ao desejo do coração do homem. Na primeira parábola mostra a vontade do homem alegrar a Deus apenas com o desejo falado de “boca para fora”, quando o segundo filho disse que faria a vontade do pai e não a fez, ou seja, não ia fazer mesmo, apenas pela aparência disse que faria. O primeiro filho, por sua vez, disse que não faria, mas em seu coração arrependeu-se e sentiu desejo de agradar ao Pai e foi lá e fez aquilo que o Pai pediu. Analogia aos nossos dias quando muitas vezes em nossas orações dizemos: “Pai, quero te servir, diga-me o que queres, qual a Tua vontade para mim, eu a farei”, Deus fala e fingimos que não ouvimos, pois a vontade dEle não era o que queríamos. Devemos tomar cuidado com as promessas que fazemos para Deus (ao começar em mim).

 

Essa parábola mostra que muitas vezes perdemos o entendimento de quem é Deus, pois quando sabemos quem Ele é para nós, não queremos desagradá-Lo ou desobedecê-Lo.

 

Por fim, a parábola dos lavradores maus que matam os servos de seu Senhor e depois o Filho, este último com o fim de apoderar-se da herança, indagando ao final Jesus sobre o que faria se viesse o Senhor da vinha até eles. Está claro que Jesus falou sobre o que aconteceu e o que iria acontecer com Ele, o que foi reconhecido pelo povo que dizia não acreditar que Jesus era o filho de Deus.

 

Muitos profetas vieram antes de Jesus e o povo perseguiu até matá-los. Jesus veio, alguns reconheceram que era o filho de Deus, viram os milagres, ouviram a voz do Pai falando que era o Filho e, mesmo assim, o povo O matou. Ou seja, temos que tomar cuidado nos nossos dias para não fazermos o mesmo: matar profetas, matar Jesus, matar a presença do Espírito Santo, matar a vontade de Deus, matar o conhecimento da verdade. Pode ser que hoje não matemos a carne, mas no espiritual estamos matando e impedindo o agir de Deus em nossa vida e na vida de outras pessoas.

 

Cuidemos de nossas atitudes.

Compreendamos quem é o nosso Senhor.

Deixemos Jesus nascer em nossas vidas todos os dias.

 

Giovana Papacosta

 

Esta semana terminamos a leitura de Mateus... vamos lá?! Versículos 22 ao 28.

 

Adicionar para: Add to your del.icio.us del.icio.us | Digg this story Digg

Comentários (0 postado):

total: | mostrando:

Poste seu comentário comment

Entre o código que você vê na imagem:

  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
Tags
Nenhuma tag para este artigo
Vote neste artigo
0
Copyright ©2012 - http://chamadafinal.net/portal/ - Todos os Direitos Reservados
Powered by
MEGAWEB